terça-feira, 24 de fevereiro de 2009

As manchetes da imprensa estrangeira


Num dia em que o FC Porto joga em Madrid para a Liga dos Campeões, os porcos do costume, fazem as manchetes habituais: Uma a vermelho, a outra a verde!!! Isto é que é patriotismo! Pelo menos desta vez não colocaram nenhum guarda-redes suplente, o que demonstra maior consideração da sua parte.
Deve ser realmente frustrante que o clube dos 6 milhões já tenha ido de vela, e não se possam vender jornais com a antevisão dos grandes jogos, tipo slb-Metalyst... isso sim, são grandes equipas! Mas infelizmente não pode ser, e a dor de corno só pode ser atenuada com jogos do calibre do AT.Madrid- FC Porto, o que realmente não se compara a um Olympiakos-slb, ou outro do género! É perfeitamente compreensível, aliás, basta analisar os últimos 25 anos a nível internacional, e facilmente concluímos que só na 2ª circular se mantém enorme regularidade, pois nenhum dos 2 ganha NADA!
Até há algum tempo atrás estas manchetes revoltavam-me, mas isso já passou. Finalmente compreendi que isto é tão só o resultado da nossa grandeza, pois quanto mais primeiras páginas deste tipo existirem, mais vitórias o FCP estará a conseguir, obviamente.
Um conselho para a imprensa: Primeiras páginas com foto-montagens dos jogadores do slb com a taça dos campeões, ou edições em vídeo das vitórias da década de 60, pois a maior parte das avezinhas nunca viu o seu clube a ganhar nada no plano internacional, de modo que a venda seria um sucesso!
Só espero que amanhã as manchetes não sejam em tons de azul, pois isso será mau sinal!
Cada vez mais Portista, mas cada vez mais com vergonha de tantos serem portugueses....

sábado, 21 de fevereiro de 2009

Esta está no jornal record! (eu nem comento)

benfica mal na fotografia

'A última vez que estive dentro de uma mulher foi quando visitei a estátua da Liberdade'
Woody Allen

Obviamente não dá para acreditar no Woody. O homem vive em Manhattan, conhece grosas de boas actrizes e de actrizes boas, apaixona-se por filhas adoptivas e não é julgado em Gondomar, toca clarinete no Casino do Estoril e é judeu. Este pensamento, que me chegou hoje no turbilhão tekno, não sei se por e-mail se através do twitter, se por SMS ou via rodapé televisivo, não vem a propósito apenas de sexo, embora ele seja, segundo outra célebre frase, a coisa mais importante do mundo, sendo que é sempre difícil lembrarmo-nos da segunda. Da segunda coisa, claro.

Esta frase adapta-se perfeitamente à última tentativa do Benfica para afastar o FC Porto da Champions. O Benfica, note-se, é aquela equipa que para ganhar duas Taças dos Campeões Europeus teve de perder cinco. O FC Porto não precisou de perder nenhuma para ganhar duas. Pode parecer um pormenor mas um país pobreta como o nosso deve aprender a valorizar este tipo de proezas. Esta certeza cirúrgica do FC Porto merece ser apreciada.

Mas não. O que importa realmente é afastar a única equipa portuguesa de facto produtiva nas competições europeias desse clube selecto. E porquê? Porque se suspeitou que o FC Porto pagou uma noite de farra a uma equipa de arbitragem num processo que foi arquivado e porque ainda se está para saber, em sede de julgamento, o que foi fazer o árbitro Augusto Duarte a casa de Pinto da Costa dois dias antes de um Beira-Mar-FC Porto que a equipa portista nem sequer ganhou.

O Benfica não abraça esta causa por amor à justiça e à verdade desportiva. Faz isto porque é invejoso e reconhece que dificilmente conseguirá chegar onde o seu adversário está se não for correndo por fora.

Imaginem a Corticeira Amorim a fazer queixa da Sonae, reclamando o bloqueio das suas exportações, porque suspeitou que nos hipermercados de Belmiro de Azevedo a secção da fruta está cheia de bicho. Lembram-se daquele colega de escola que um dia se aproximou da professora para lhe dizer que nos viu, durante o recreio, a mexer nas maminhas da Catarina? Sim, é o mesmo que hoje é administrador de banco que não consegue devolver o dinheiro dos seus depositantes...

Os portugueses são assim. Aliaram-se a Al-Mansur para destruir Compostela e ganhar um saque de guerra, aliaram-se aos castelhanos, deram vivas a França quando as tropas de Napoleão cá estiveram e muitos deles ainda hoje lamentam o facto de não pertencerem a uma província de Espanha. Ou seja, não somos de confiança quando toca a defender o que é nosso.

Por isso, o que o Benfica está a fazer não espanta ninguém.

O Benfica está apenas a confirmar que tem feito o seu caminho na sombra da glória do FC Porto. Até pode ser que ganhe esta batalha. Mas aí será para verificar que, afinal, dentro da estátua da liberdade o melhor que se consegue é um saco de pipocas ou um postal ilustrado. Os grandes vencedores não precisam de estátuas para ter prazer - este é para eles tão natural como a sede de triunfos. Como disse também um dia Drew Care: 'O sexo sem amor é sem dúvida uma experiência vazia , mas como experiência vazia é das melhores'. A questão também é essa. É que, para além de tudo, o Benfica é aquela portuguesa cujos adeptos se contentam com uma mão cheia de nada e outra de coisa nenhuma. Quem escreveu isto tinha por apelido Lisboa

Autor: EUGÉNIO QUEIRÓS
Data: Sexta-Feira, 20 Fevereiro de 2009 - 19:44

Mouros admitem que não vão à liga dos campeões!

Ainda falta bastante para terminar o campeonato, mas aquela equipa da 2ª circular que é presidida pelo tipo dos pneus, o tal que não pode ver os jogos contra o FCP devido a ter-nos muito pó ( se bem que ele deve ter pó em qualquer circunstância), já vem publicamente assumir, que pelo seu percurso desportivo, não conseguirá estar na próxima liga dos campeões! É de sublinhar e enaltecer esta atitude, pois quem reconhece tão precocemente a superioridade dos rivais deve ser reconhecido! Parabéns à direcção encarnada, especialmente ao seu director de comunicação, pois por onde ele passa acaba com as moscas, só de abrir a boca! Obrigado.
Entretanto após mais algumas jornadas, continuamos em primeiros, e em dia do grande dérbi da capital do poder instalado, entre mortos e feridos, nós sairemos sempre a ganhar.
Aproveito ainda para agradecer aos porcos da imprensa deste país, por continuarem a campanha contra o FCP. Ontem mais um exemplo de grande profissionalismo, ao comentarem o penalti contra o Paços de Ferreira, bem como o golo invalidado aquela equipa. Bem hajam. O Céu espera por vós! Valha-nos o Jorge Coroado, que apesar de não nos gramar, continua " a tentar" ser isento nos comentários.